Buscapé

domingo, 24 de julho de 2011

Feriado de 26 de julho –  Padroeira de Ponta Grossa.
Senhora Sant'Ana ou Nossa Senhora Sant'Ana! Nosso calendário está cheio de comemorações. Além das datas religiosas, temos as nacionais e as sociais como: Dia das Mães, Dia dos Pais, Dia dos Professores e outras, a cada comemoração temos uma razão histórica e quase sempre associada  algum santo do dia. No mês de julho, por exemplo, temos o Dia dos Avós. A razão histórica está na comemoração da festa de Sant'Ana, a mãe de Nossa Senhora e avó do Menino Jesus. Além de ser avó, quando Nossa Senhora nasceu, Sant'Ana já estava com idade para ser vovó. Os antigos contavam uma história  muito bonita a respeito de São Joaquim e Sant'Ana, os pais de Nossa Senhora. Diz que todos os dias o casal já bem idoso, pedia a Deus a ventura de ter um filho. Um casal sem filhos para hebreus era considerado digno de castigo e motivo de grande desprezo pelos parentes.
Um dia, Joaquim se levantou, fez suas orações com Ana e os dois pediram novamente um filho a Deus. Depois, alimentaram-se e Ana preparou uma matula (marmita) para o marido que ficaria fora o dia todo, pastoreando seu rebanho.
No trabalho, Joaquim, ao sentir fome, sentou-se à sombra de um cipreste, e comeu a comida  preparada pela esposa. Depois inclinou a cabeça e dormiu. Dormiu e sonhou. Sonhou que Ana dera à luz uma linda menina. Acordou feliz da vida. Rascunhou um bilhete, contando para Ana o seu sonho, amarrou na perna de um pombo-correio e despachou para sua casa.
Em sua casa, Ana também sonhara que uma filha nascera de seu ventre. Também rabiscou um bilhete para o marido; amarrou  ao pé de um pombo-correio e os dois pombos se cruzaram no meio do caminho, meses depois, nascia aquela que o Anjo chamou de bendita entre todas as mulheres. Assim, a tradição da Igreja considera  São Joaquim e Sant'Ana os padroeiros dos avós.
Catedral de Ponta Grossa.
 Tradicionalmente acontece aqui na nossa cidade Ponta Grossa e em Castro a festa da Senhora Sant`Ana , considerada a padroeira de ambas as cidades. Pois, em 1823, após Ponta Grossa tornar-se Freguesia, viu-se a necessidade de construir uma capela, pois o altar que existia na Casa de Telhas não era mais adequado para atender a população. Foi escolhido então, o local mais alto da cidade para a construção de uma capela simples, que abrigaria a imagem de Sant’Ana. Dom Pedro I, criou a Paróquia dedicada à Santa, funcionando na Capela A atual matriz de Sant'ana, foi edificada em arquitetura moderna com vitrais em acrílico, revelando em seu piso inferior uma cripta com ossarios e estacionamento. No pavimento superior localiza-se a Capela do Santíssimo, concebida a partir de um mosaico de pedras denominado Portal do Paraíso, que é devido às suas características peculiares e trabalho realizado pelas mãos de um monge.
E atualmente temos o feriado municipal da Padroeira  Sant'Ana, que não é Nossa Senhora Sant'Ana, porque Nossa Senhora é a mãe de Jesus e, sim Senhora Sant'Ana, por ocasião da Lei nº 23 de 05 de Julho de 1940  de Ponta Grossa. ( Lei 23/40). 

3 comentários:

  1. Gostei dessa catedral, muito linda!

    ResponderExcluir
  2. um grupo como o uniao? envie um email para joaopauloclr@gmail.com

    ResponderExcluir
  3. URGENTE, quer continuar a ganhar com o Blog, eu também quero e por isso estou pedindo para que adicionem meu msn e mandem email. Vamos formar um grupo especial. Aguardo vc e conversamos. EMAIL E MSN larheleny@gmail.com

    ResponderExcluir